Holanda

Haia - amor à primeira vista

Tem um charme muito peculiar, com ares de interior, mas cheia de pompa tal qual uma cidade grande. Difícil explicar o que mais me encantou nessa, que pode ser considerada a mais importante cidade da Holanda junto a Amsterdam e Rotterdam.

Não é pra pouco:

Haia é onde fica a residência do Rei, a sede do Parlamento, da Suprema Corte, do Conselho do Estado, da Corte Internacional da Justiça, da Corte Internacional Criminal e também onde se firmou o Tratado de Haia (tratado de paz entre Portugal e Países Baixos). Essas são apenas algumas referências que já podem, por si só, dizer muito sobre a relevância dessa cidade de 520 mil habitantes.

Localização:

Fica na costa litorânea do país, com 11 kilômetros de praia. Quando o sol aparece e a temperatura eleva, a vida na praia de Scheveningen se torna convidativa, ainda que a força do vento muitas vezes incomode alguns e favoreçam outros como os praticantes de kite e windsurf.

A vibe da cidade:

A cidade tem um clima muito interessante para jovens também, devido à universidade e recente surgimento de bares e restaurantes – ainda que bem poucos – com boa gastronomia. Pra quem gosta de historia e cultura, a cidade tem alguns museus extremamente importantes no mapa mundial.

Como chegar:

É muito fácil visitar Den Haag: um trem saindo de Amsterdam leva cerca de 40 minutos e tem horários o dia todo.

Quantos dias:

Dois dias na cidade são suficientes para se conhecer, mas a chance de querer ficar um pouco mais – ou voltar - é grande.